A Vibrolipoaspiração ou vibrolipo representa um novo padrão na lipoaspiração.

A Lipoaspiração pode ser realizada se utilizando de diversas técnicas. Uma delas é a técnica PAL – Power-Assisted Liposuction, conhecida no Brasil como Vibrolipoaspiração ou vibrolipo. Com a Vibrolipoaspiração, o cirurgião utiliza uma cânula que vibra para remover as células de gordura com vibrações mais suaves e mais controladas em comparação com os movimentos mais vigorosos necessários durante a lipoaspiração manual, proporcionando resultados por vezes mais precisos.

A Vibrolipoaspiração é particularmente útil para esculpir as zonas de gordura localizada que não desaparece mesmo com uma dieta adequada e uma rotina de exercícios físicos. A retirada de células de gordura é permanente, portanto o paciente já irá desfrutar de uma silhueta mais magra e mais suave quase que imediatamente, e ainda mais depois do período de inchaço. Mas é importante que quem passa pela Vibrolipoaspiração, ou pela Lipoaspiração manual, esteja próximo do seu peso ideal quando decidir fazer a cirurgia, e que mantenha o peso estável durante toda a vida.

O objetivo de qualquer tipo de lipoaspiração é sempre a remoção de células de gordura de áreas específicas do corpo. A Vibrolipoaspiração usa o mesmo método essencial de outros tipos de lipo, primeiramente injetando uma solução para quebrar as células de gordura e minimizar o desconforto do paciente. Em seguida, as células de gordura são removidas através de uma sucção suave.

A grande diferença da Vibrolipoaspiração está no tipo de cânula utilizada durante o processo de remoção de gordura localizada, que é uma cânula especial movida a motor para produzir vibrações rápidas de pequena intensidade. As rápidas vibrações da ponta da cânula desgrudam as células de gordura para facilitar a remoção. Uma vez que os depósitos de gordura são divididos de forma mais eficiente, com a ajuda da energia de vibração, uma cânula ainda menor pode ser usada, deixando incisões menos perceptíveis no corpo do paciente.

O movimento pulsante da cânula rompe as células de gordura de uma maneira mais uniforme em relação aos movimentos manuais do cirurgião que são feitos durante a lipoaspiração tradicional. O cirurgião também será capaz de remover uma maior quantidade de células de gordura em um período de tempo mais curto e utilizando menos força. Cirurgiões também desfrutam de um nível maior de precisão ao usar a Vibrolipoaspiração em comparação com outras técnicas, o que permite que ele foque mais precisamente em áreas específicas causando menos trauma nas áreas adjacentes, o que significa que o procedimento é mais suave tanto para o cirurgião, quanto para o paciente, mas tem eficiência maior.

No procedimento, o cirurgião começa fazendo pequenas incisões, do mínimo tamanho que permita que a cânula passe na área a ser tratada. Em seguida, o cirurgião irá preparar a solução especial que é injetado no corpo para ajudar a quebrar as células de gordura. Parte desta solução contém lidocaína, um anestésico local que mantém você confortável durante todo o procedimento e em seus estágios iniciais de recuperação. Outro aditivo irá contrair os vasos sanguíneos na área de prolongar a eficácia do anestésico, bem como minimizar a perda de sangue.

Depois de a solução ser colocada na área de gordura localizada, o cirurgião utilizará a cânula para aspirar a mistura de solução e as células de gordura indesejáveis. Durante todo o processo, a ponta da cânula vai vibrar rapidamente quebrando os depósitos de gordura para facilitar a sua remoção.

Do início ao fim, todo o procedimento leva cerca de uma hora ou duas, dependendo do nível de correção que é necessário. A Vibrolipoaspiração é geralmente realizada em ambulatório, assim o paciente pode voltar para casa no mesmo dia, sem necessitar de internação, já que normalmente não é feita com anestesia geral. Após a cirurgia, as incisões não devem precisar de pontos, e o resultado final será de incisões pouco visíveis.

Já que a Vibrolipoaspiração necessita de pouca força manual, surgem menos edemas e hematomas e a recuperação é mais rápida. O inchaço e as manchas irão se dissipar na primeira ou segunda semana. O paciente deve vestir uma malha de compressão que reduz o inchaço e ajuda o corpo a se ajustar aos novos contornos, e, se o cirurgião recomendar, também deve fazer algumas sessões de drenagem linfática que ajudam na recuperação, além de evitar exposição ao sol por, no mínimo, um mês.

Estudos têm mostrado que a Vibrolipoaspiração é capaz de remover em média 30% a mais de gordura em comparação com os métodos manuais, ao mesmo tempo que minimiza hematomas e promove uma recuperação mais rápida. O procedimento também leva menos tempo, o que reduz ainda mais as possibilidades de complicações durante a cirurgia.

Saiba Mais sobre o procedimento de Lipoaspiração.

Quer agendar sua consulta com o Dr. Rubem Lang?

Acesse a página de agendamento online ou ligue para (51) 3378.9958. Será um prazer receber você.